DURANTE A CAMPANHA: AS PESQUISAS DE TENDÊNCIAS

Durante a campanha propriamente dita, devem ser realizadas as pesquisas de tendências política (pelo menos uma, se possível duas ou três), destinadas a aprofundar as descobertas da pesquisa de diagnóstico.

Com questionários menores, mas com amostras igualmente expressivas objetivam;

• Permitir o "ajuste fino" do foco da cobertura;
• Avaliar os resultados da campanha até o momento da sua realização.

Final da Campanha: pesquisas de Tracking

Na fase final da campanha (último mês) é desejável que se conduza a Pesquisa de "Tracking": pesquisa de periodicidade curta (diário ou semanal), que possui as mesmas características metodológicas das pesquisas de diagnóstico e tendência.

Por sua curta periodicidade, este instrumento é dotado de alta sensibilidade para:

• Medir as flutuações de curto prazo da opinião, em razão da dinâmica da campanha - fatos novos, programas eleitorais, debates - permitindo ao candidato realizar, em tempo, as correções estratégicas necessárias; e...

• Orientar a campanha para o esforço final dos últimos 10 dias identificando onde deve concentrar suas ações e o que deve ser enfatizado pelo candidato, neste período crítico e final.

A grande vantagem do Tracking está no fato de que ele assegura ao candidato o acesso á opinião do eleitor imediatamente após a ocorrência:

• Ou de fato que possam afetar a sua candidatura;
• Ou após a veiculação do seu programa eleitoral;
• Ou após o debate do qual participou;

• óbvio que, na maioria das situações, somente campanhas para o Governo de Estado para o Senado da Câmara Federal, Prefeitura de cidades grandes e Presidência da República terão condições financeiras para custear um programa completo de pesquisas, como o delineador acima.

Não se deve perder a vista, entretanto, o fato de que se busca com as pesquisas é a produção de informações confiáveis.

Mesmo as campanhas mais modestas necessitam, para ter sucesso, de informações confiáveis sobre o eleitor e sobre a dinâmica da campanha. Um programa completo e moderno de pesquisa é o melhor instrumento para se conseguir este objetivo.

Se o orçamento de campanha não comportar essa despesa, entretanto, há; vários procedimentos quem, se forem dotados de maneira competente e sistemática - e que estão ao alcance de qualquer orçamento, poderão subsidiá-la com as informações minimamente necessárias para removê-la do perigoso território do "pauperismo" e da intuição e da improvisação.